O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta quarta-feira, 26, a prorrogação da fase de transição até o dia 14 de junho. Inicialmente, essa etapa deveria ser finalizada no dia 31 de maio e a partir de 1º de junho, teria início uma maior flexibilização das atividades econômicas, com aumento do horário de funcionamento e da ocupação máxima permitida nos estabelecimentos. A medida foi motivada pela piora nos índices da pandemia, em especial o aumento da taxa de ocupação das UTIs, que voltou a ficar acima dos 80% no estado em geral.